Paste your Google Webmaster Tools verification code here

Tag Archives: palmas

by

Ponte da Integração ou Fernando Henrique Cardoso e o Lago de Palmas

Categories: fotostrada, Tags: , , , , , , , , ,

(por: José Rodolpho Assenço)

A Ponte da Integração ou Ponte Fernando Henrique Cardoso cruza o imenso lago de Palmas, capital do Tocantins, e é uma importante atração turística da jovem capital.

Construída em uma sequência de pontes e aterros – uma ponte maior e elevada, que possui um quilômetro de extensão, e duas menores com cem metros cada; e quatro aterros —, essa imponente obra, de oito quilômetros de extensão, pode ser avistada a longas distâncias.

vão central da ponte fernando henrique cardoso

vão central da ponte fernando henrique cardoso

Constitui essa obra o sistema “causeway”, muito utilizado em outros países e sendo essa a segunda maior do Brasil.

A Ponte faz a travessia sobre o Rio Tocantins, ligando o Paraíso do Tocantins e a BR 153 a Palmas, tendo ao seu lado oposto a capital, o simpático distrito de Luzimangues, com população superior a 2.500 habitantes, sem contar com diversos novos loteamentos pertencentes ao município de Porto Nacional.

Luzimangues conta com uma simpática praia logo próxima à ponte, com quiosques e um longo deck e uma extensa área de laser, tudo proporcionando aos visitantes uma bela visão, tanto da ponte FHC como da capital e de alguns espigões.

cais em luzimangues

cais em luzimangues

O lago possui dimensões gigantescas, com 180 quilômetros de extensão; inúmeras praias de ambos os lados, duas ilhas que também compõem o conjunto de praias, em especial a de Ilha Canela, para onde existem passeios partindo de Palmas.

lago de palmas

lago de palmas

Possui ainda, aproximadamente nove quilômetros de largura, perfazendo uma área total de 630 quilômetros quadrados, construído com a formação da Usina Hidroelétrica de Lajeado

No lado oposto a Luzimangues, ainda na capital, existe um pequeno porto e a orla da Praia da Graciosa com infraestrutura de bares e restaurantes.  Uma grande cais em pedra compõe o conjunto com diversos flutuantes que realizam passeio no lago.

Em nossa estada em Palmas, visitamos a ponte e paramos para observar ambas as orlas. Contamos, nesse relaxante passeio, com a presença do professor Flavio Thiessen, coordenador esportivo, que acompanhava uma competição na cidade.

ponte fernando henrique cardoso

ponte fernando henrique cardoso

Primeiro atravessamos toda a ponte e seguimos para a orla de Luzimangues, onde, entrando por um pequeno condomínio logo próximo à ponte, chegamos a um grande quiosque-bar, que estava sendo reformado, percebemos que ao seu redor uma grande obra de estrutura, gramados e jardins estavam finalizando.

Seguimos em direção a um amplo cais com deck, todo em madeira que adentrava ao lago. No entanto, não observamos, nessa ocasião, nenhuma embarcação atracada ou a caminho desse ponto.

luzimangues e a ponte fhc

luzimangues e a ponte fhc

É importante ressaltar as enormes possibilidades de navegação de lazer e comercial que este grande lago pode proporcionar, pois atravessa diversos municípios e rodovias.  Existe, inclusive, um projeto de transporte multimodal ligando a ferrovia norte-sul, utilizando-se desse lago no complemento ao transporte para a capital.

Ainda no deck, observamos alguns banhistas que se aproveitavam da beleza do local para relaxar e fugir do calor implacável do Tocantins.

Paramos para realizar algumas fotos da ponte, do grande lago, e de Palmas, e ficamos impressionados com silhueta dos prédios, indicando a grande largura percorrida.

praia de luzimangues

praia de luzimangues

Após as fotos, retornamos ao lado da capital e tão logo estacionamos o carro, iniciamos uma sequência de fotos da praia da Graciosa, do cais das embarcações.  Algumas fotos da praia com alguns prédios ainda em construção.

orla da graciosa

orla da graciosa

Nesse lado do lago, pode se ver próximo a Palmas, na ponte FHC, uma de suas vazantes de cem metros intercalados ao aterro.

vazante da ponte em palmas

vazante da ponte em palmas

Passamos por alguns restaurantes da orla da Graciosa, de onde se pode desfrutar da culinária composta de pescados, além da regional, da qual não tivemos a oportunidade de desfrutar, tendo em vista que havíamos almoçado fazia pouco tempo.

Finalizamos, na sequência, nossas fotos e passeio, pois uma nuvem grandiosa anunciava chuva para os instantes seguintes.

by

TAQUARUÇU, paraíso refrescante a um passo de Palmas

Categories: fotostrada, Tags: , , , , , , , ,

(por: José Rodolpho Assenço)

                   Taquaruçu, distrito de Palmas, Tocantins, é um paraíso a ser conhecido por todos que visitam essa bela capital, e pode representar um passeio refrescante com oitenta e duas cachoeiras a apenas vinte minutos da capital tocantinense.

cachoeira em taquaruçu

cachoeira em taquaruçu

                   Em minhas últimas estadas ao Tocantins, havia ouvido falar sobre esse polo de ecoturismo, porém, como sempre as viagens eram muito corridas, não havia tido tempo de visitá-lo.

                   Porém, em visita ocorrida em setembro próximo passado àquela capital, acompanhado de Nayara, surgiu a oportunidade de conhecer a pequena e bela Taquaruçu, antigo município de Taquaruçu do Porto.

casas em taquaruçu

casas em taquaruçu

                   Sua vida como município durou pouco tempo, pois foi criado em janeiro de 1988 e, logo em dezembro de 1989, passou a ser distrito da capital Palmas, englobando também os distritos de Canela e Taquaralto.

                   Seu nome vem de origem indígena, que significa Taboca Grande e fora um ponto de descanso dos tropeiros e viajantes que seguiam de Porto Nacional para a Bahia.

                   Conhecida na capital como região serrana, Taquaruçu possui hoje uma população residente de aproximadamente cinco mil habitantes. Encontra-se encravada em um aglomerado de montanhas e serras, numa região de vegetação exuberante e repleta de cachoeiras, entre elas: as de Taquaruçu, Vai quem quer, Roncadeira, Evilson, totalizando oitenta e duas cachoeiras catalogadas, dessas havendo apenas nove de fácil acesso e com possibilidade de visitação.

corrego taquaruçu

corrego taquaruçu

                   Consta ainda, em Taquaruçu, a existência de grutas a serem visitadas, córregos para descanso e banho, mirantes acima da serra, entre outros atrativos.

                   Inúmeras pousadas foram criadas nos últimos anos na pequena cidade que, além das cachoeiras, possui outros atrativos: duas enormes tirolesas com aproximadamente duzentos metros de altitude; locais para prática de rapel, entre eles o da própria cachoeira da Roncadeira. Muitas chácaras e casas de veraneio também vêm sendo construídas nos últimos anos na região, no intuito de se buscar uma vida tranquila e mais saudável nos finais de semana, fugindo-se do calor escaldante da capital.

                   Quando chegamos a Taquaruçu, demos logo uma grande volta na pequena cidade, que conta com duas praças, uma central composta de coreto; uma cachoeira ou fonte alusiva possivelmente à grande quantidade de cachoeira da região, compondo o cenário de alguns bares e restaurantes ao seu redor, além de um quiosque de cerveja e tira-gosto bem ao centro.

fonte em taquaruçu

fonte em taquaruçu

  Praça bem arborizada e com jardins e bancos vistosos.

praça central de taquaruçu

praça central de taquaruçu

                   Ao final da cidade, após uma rua comercial, há uma pequena praça que abriga a Igreja de Nossa Senhora do Rosário com alguns bancos à frente e uma grande cruz em madeira.

igreja de taquaruçu

igreja de taquaruçu

                   Após circular pela cidade, e tendo em vista o adiantado da hora, decidimos voltar à praça principal e escolher um restaurante para almoçar.   Por sorte, logo ao final da praça, encontramos um rústico com bancos e mesas em toras de madeira e onde tivemos a oportunidade de comer uma galinhada com um pirão delicioso, feito com o próprio molho da galinhada, adicionando pimentas bem diferentes das demais que já havíamos provado.

taquaruçu

taquaruçu

                   Retornando à estrada para Palmas, apenas três quilômetros, decidimos aliviar o calor na cachoeira de Taquaruçu.

cachoeira-taquarucu

cachoeira-taquarucu

                   Logo que estacionamos o carro, percorremos uma trilha arborizada de apenas trezentos metros e logo nos deparamos com um bar-restaurante bem próximo. Havia diversas mesas sob as árvores, e com a cachoeira bem à frente.

                   Essa cachoeira de Taquaruçu, apesar de pequena e com poço de pouca profundidade, é um local excelente para crianças e famílias ficarem, podendo, por exemplo, desfrutar de uma tarde agradável e refrescante, sob as águas límpidas daquele belo local.

poço da cachoeira de taquaruçu

poço da cachoeira de taquaruçu

                   Na vazante do poço, existem mesas e cadeira onde colocamos nossos pertences e rapidamente decidimos seguir ao banho e, por fim, curtir uma hidromassagem junto às pedras da cachoeira, finalizando, assim, nossa estada em Taquaruçu em um ambiente fantástico.

1 2