(por: José Rodolpho Assenço)                  

                        Consolação, pequenina vila da Serra Catarinense, foi por mim descoberta por acaso.  Seguíamos eu e os meninos pela BR 282, em direção a Uribici, quando achei por bem ativar o GPS no intuito de facilitar minha localização quanto ao acesso para a referida cidade.

Igreja_de_Nossa_Senhora_da_Consolação

Igreja_de_Nossa_Senhora_da_Consolação

                        Passamos por dentro de São Rufino e, aos poucos, percebemos que a cidade logo acabaria em uma estrada de terra. Parei o carro ainda no asfalto e obtive, na internet, a informação que Urubici estaria a trinta quilômetros de distância, sendo todo o percurso em estrada sem pavimentação.

                        Logo me aborreci com o GPS, pois tinha conhecimento de outro acesso pelo asfalto, porém, por já ter dirigido alguns bons quilômetros na BR, decidi prosseguir pela terra. No inicio deste trajeto, pareceu-me bem confortável, toda cascalhada ou britada e que nos permitiria um bom rendimento.

estrada_para_urubici

estrada_para_urubici

                        Porém essa condição logo acabou e partimos por uma simples estrada de terra.  A média de velocidade nessa via não ultrapassava 30 quilômetros por hora, o que provoca uma sensação de que não se consegue vencer as distancias nesse ritmo.  No entanto, aproveitamos para apreciar a paisagem, as fazendas às margens da estrada, as florestas de araucária. Não era um dia muito frio e a sensação térmica nos permitia viajar com as janelas do veículo parcialmente abertas.

estrada_de_são_rufino_a_urubici

estrada_de_são_rufino_a_urubici

                        Toda a estrada segue pela encosta da serra, proporcionando, ocasionalmente, paisagens bem interessantes.

                        Após pouco mais de quinze quilômetros percorridos em aproximadamente uns quarenta minutos, percebemos algumas casas aglomeradas logo à frente e, depois de uma curva, vi um pequeno cemitério com diversos jazigos. À sua frente, uma imponente igreja e diversas casas.

estrada_e_cemitério

estrada_e_cemitério

                        Entre todas as casas, a maior e a mais bela fica bem de frente da Igreja e sugeria ser uma agradável lanchonete. Parei nesse local no intuito de descansar e servir um lanche aos meninos. Estávamos no meio do trajeto.

lanchonete_em_consolação

lanchonete_em_consolação

                        Casa bem arrumada com uma lanchonete bem montada. Logo uma simpática senhora nos perguntou o que queríamos. Pedi água e café. Ofereci, naquele momento, lanche para os meninos. Na sequência, perguntei  o nome daquele lugar.

                        Assim, conheci Consolação, uma simpática vila na encosta da serra, logo abaixo de uma floresta de araucárias com uma população que ultrapassa, em pouco, trezentos habitantes. Esse local pertence ao município de Urubici (SC).

casas_em_consolação

casas_em_consolação

                        Estando os jovens confortáveis no estabelecimento, voltei ao carro, peguei minha máquina fotográfica e comecei a registrar tudo aquilo que via naquele pequeno povoamento. 

igreja_da_consolação

igreja_da_consolação

  A Igreja de Nossa Senhora da Consolação construída em 1938, em especial, pela sua dimensão, imponente e dominando todo o visual da vila.

registro_da_igreja_de_n._s._consolação

registro_da_igreja_de_n._s._consolação

                        Fiz registro também de diversas casas e do intrigante cemitério com diversos jazigos.

cemitério

cemitério

                        Após as imagens da Igreja, prossegui fotografando uma pequena casa anexa, próxima ao crucifixo, e, em seguida, a parada de ônibus e a saída da comunidade.

anexo_da_igreja_de_nossa_senhora_da_consolação

anexo_da_igreja_de_nossa_senhora_da_consolação

                        Retornando à lanchonete, pensando que, não fosse pela bela lanchonete e pela imponência da Igreja de N.S. da Consolação, provavelmente, passaria pela estrada sem parar na pequena vila, perdendo, assim, a oportunidade de conhecer um simpático e intrigante lugar.