(por: José Rodolpho Assenço)

                        Envolvida em diversas lendas, o nome dessa praia advém de uma história sobre uma nau portuguesa que passara ao largo e seus tripulantes pensaram ter avistado uma grande pipa nesse local, ou para melhor entendimento, um grande tonel de água. Outros, porém, garantiram que lá havia apenas uma aldeia de pescadores para onde alguns buscavam refúgio quando não queriam ser encontrados.

falesias_de_pipa

                        Outra história interessante sobre Pipa, conta que, no ano de 1928, ocorreu ali a queda de um avião que, tentando pouso forçado nos campos acima das falésias, perdeu o controle e caiu na praia. Mas todos teriam sido salvos.

praia_de_pipa

                        O certo é que Pipa é uma bela praia pertencente também ao belo município de Timbau do Sul, no Rio Grande do Norte. Antes, uma pacata vila de pescadores que foi invadida nas últimas duas décadas por turistas e surfistas de todo o mundo. Sua praia é protegida por diversos rochedos. Areia fina e espraiada formam piscinas naturais que, além de beleza singular, é ideal para quem procura relaxar em águas mornas e sem ondas.

corais_em_pipa piscinas_naturais

                        O acesso à Pipa é feito pelo centro de Timbau, seguindo-se ao sul por alguns poucos quilômetros. 

vista_da_bahia pipa

                        Logo próximo, pode-se avistar, da estrada acima das falésias, toda a baía dos golfinhos, como é chamado o local, tendo ao fundo a praia de Pipa, composição visual belíssima com falésias e dunas.  Esses atrativos visuais, combinados com o mar quente dos remansos, talvez tenham sido os motivo para essa praia despontar como importante ponto turístico do nordeste.

bacos de pesca veleiro

                        Hoje, Pipa possui inúmeras pousadas, bares, restaurantes com cozinha internacional, além de uma vida noturna agitada e, como garante alguns, possivelmente a mais animada do Rio Grande do Norte.

dunas_de_pipa traineira